E-commerce tem aumento de vendas mesmo com crise



Uma pesquisa realizada no segundo semestre de 2016, pelo Buscapé, mostrou que 51% dos brasileiros passam o dia inteiro conectado à internet. Mas o que isso significa? Significa que, sim, investir em uma Loja Virtual pode ser a opção mais rentável para quem pretende montar um negócio ou quem está com dificuldades de venda em lojas físicas.
 
Em períodos de crise, por exemplo, é normal uma queda considerável nas vendas, independente do produto. Contudo, o aumento do faturamento no e-commerce mostra que optar pela Loja Virtual é uma saída bastante inteligente. O ano de 2016 fechou com um aumento de cerca de 10% (em relação a 2015) em vendas nos e-commerces. 
 
 
As expectativas, até 2020, são promissoras: estima-se que haja um aumento de cerca de 45% no faturamento do setor. Isso deixa claro que trata-se de uma oportunidade única e que merece ser pensada e analisada tanto por quem já possui um negócio quanto para quem está pensando em começar a empreender. 
 
 
A familiarização com a internet e com as ferramentas, além do aumento do acesso à rede, estão diretamente relacionados aos resultados obtidos pelos e-commerces. Algo que vai de encontro direto a estes resultados é o fato de que a geração que nasceu na era da internet se sente muito confortável em realizar quaisquer ações na rede, e as compras são uma delas. 
 
 
O e-commerce, em comparação com as lojas físicas, torna-se uma alternativa bastante vantajosa porque requer um investimento inicial bem menor, em comparação com as lojas físicas. Não há gastos com um grande número de funcionários, a manutenção é muito mais simples, fazendo com que os custos totais sejam vantajosamente menores. 
 
 
Contudo, quem pretende iniciar um e-commerce deve entender que é preciso passar por, pelo menos, cinco etapas fundamentais para que tudo dê certo:
 
Planejamento – é preciso decidir com calma os produtos e serviços que serão oferecidos, bem como ter noção clara dos limites de gastos e do capital.
 
Criação da Loja Virtual – é fundamental contratar uma empresa especializada para realizar o serviço de Criação de Loja Virtual.
 
Lançamento – colocar em prática ideias criativas para atrair atenção dos clientes para o lançamento do negócio.
 
Divulgação – entender o público-alvo e escolher os canais adequados para a comunicação com os clientes é fundamental, tanto para promover o reconhecimento da marca quanto para alavancar as vendas.
 
Gestão e Análise – uma análise periódica das métricas e um sistema de gestão eficaz contribuem para o bom funcionamento do negócio.
 
Saiba mais sobre Criação de Loja virtual clicando aqui.